segunda-feira, 30 de junho de 2008

terça-feira, 24 de junho de 2008

Bolo Pudim - Óptimo para o Verão!

A minha sensação é de que esta iguaria é relativamente conhecida... A quem não a conhece só posso dizer que é extremamente simples, refrescante e saborosa!

A ideia é levar ao forno o pudim e o bolo que, por terem densidades diferentes, não se misturam e ficam por camadas! É um bolo que se deve manter no frigorífico, logo está sempre fresquinho para quando chegamos da praia! :P

Ingredientes (para a massa do bolo):

4 ovos
o mesmo peso dos ovos em açúcar
metade do peso dos ovos em farinha
1 colher de chá, bem cheia, de fermento em pó
raspa de limão

Ingredientes (para o pudim):

6 ovos
6dL de leite
200g de açúcar
raspa de limão

São ainda necessárias umas 16 colheres de sopa de açúcar para o caramelo


Preparação:

Primeiro prepara-se o caramelo com o qual se vai forrar a forma do bolo. Tenham atenção em ter a forma preparada, pois o caramelo solidifica depressa e é preciso que fique bem espalhado! Deitem pelo centro, para forrar logo o bocado da forma que faz o buraco a meio do bolo e depois, com cuidado, vão fazendo o caramelo deslizar pelos lados da forma. Deixem arrefecer bem o caramelo (ele vai estalando) e, quando já estiver frio, barrem com margarina, por cima do caramelo, deixando uma camada fininha (não é preciso besuntar! lol)

Agora o Pudim: Misturem muito bem o açúcar com os ovos, sem usar a batedora eléctrica! Quando o açúcar estiver dissolvido, adicionem o leite e a raspa do limão. Eu costumo usar raspa de limão e baunilha! Depois de tudo mexido, coloquem o preparado na forma já preparada.

Massa do Bolo: (aqui já se pode usar a batedora eléctrica) Bata muito bem as claras em castelo! Certifiquem-se que ficam fofas e firmes. Depois batem-se muito bem as gemas com o açúcar e a raspa do limão. Eu costumo dispensar a raspa do limão e substituo por canela e um licor... Depois de tudo bem misturado, envolve-se alternadamente ao preparado as claras em castelo e a farinha, com o fermento misturado (sem batedora eléctrica, só ligando tudo delicadamente, um pouco de claras, e depois um pouco da farinha de cada vez).

Deite este preparado sobre o pudim e vai reparar que a massa não se misturar e fica a "flutuar" sobre o pudim! Leve a cozer em forno moderado. Verifique se está cozido e, quando assim for, retire, deixe arrefecer, descole dos lados e só depois desenforme! Este é um bolo que não vai querer forçar a desenformar... LOL Mas com o caramelo arrefecido, a tarefa torna-se simples, só é preciso paciência para que arrefeça!

Guarde desenformado no frigorífico até servir, e acreditem... vale bem a pena guardar um pouco no frigorífico até à primeira fatia! =D


E pronto! Dito assim até pode parecer complicado, mas não é! Só é preciso paciência! E caso tenham dificuldades em espalhar o caramelo, podem sempre, com cuidado, colocar a forma do bolo a aquecer num bico do fogão e voltar a "moldar" com a ajuda de uma colher. ;)

Este bolo pudim foi feito à pressa, daí o aspecto menos cuidado evidenciado na foto! LOL A próxima experiência vai ter a mesma "estrutura", mas com bolo de chocolate e pudim de laranja! :P Vamos lá ver como fica...

Bom apetite! =D

domingo, 22 de junho de 2008

De volta!

Depois de uns 15 dias de ausência total (só com umas raras visitas aos blogs mais próximos), estou de volta e com boas notícias! Só volto ao trabalho na quinta-feira!! Vou ter um fim-de-semana e três dias de dolce far niente! A única coisa com que me vou preocupar são as próximas férias!

Quanto à minha ausência... blame it on the Euro2008, nos santos populares, nas petiscadas, nos amigos e, claro, no trabalho... Nem tenho experimentado receitas novas, tão pouco é o tempo que passo em casa... =/ Mas vou tentar fazer umas coisas giras nestes dias! ;)

E para não acabar já aqui o post, vou falar de uma sessão de cinema HD que tive ontem! LOL



Começando por este, deixem-me que vos diga uma coisa: LOOOOOOOOOOLLLLLLLL!!!!!!!!!!!!

Péssimo filme, mas quando não se está à espera, é de morrer a rir! Se alguma vez estiverem numa onde de atrofiar com um filme, esta é um óptima escolha, um daqueles filmes onde tudo, mas mesmo TUDO!! é possível! :P



E depois de um fraquinho, tínhamos de compensar com um grande filme. Não gosto de contar filmes, nem tão pouco tenho jeito para isso, mas acreditem que este filme é muito bom e se puderem, aproveitem para ver. Isto, claro, para quem ainda n viu! :P

Já não vou ao cinema há imenso tempo, mas quero ver se volto brevemente para ver o Hancock. Já fui buscar o video ao youtube para colocar aqui, mas ele teima em não aparecer... por isso fiquem atentos, porque qualquer dia em cai aqui de pára-quedas!

AH! Mais uma coisa! Já é Verão!! Embora não tenha chegado aos 2000 visitantes como previa, fiquei perto! Por isso o meu muito obrigado a quem visita este blog minúsculo! =D

Cumps!

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Guilty Pleasures

Em resposta ao desafio da artemisa, tenho de nomear 10 coisas que me dêem prazer, mas que ao mesmo tempo provoquem em mim um sentimento de culpa... Depois de muito pensar e estudar, que isto não é mesmo nada fácil, aqui vão elas!!

1 - Condução "arrojada": São umas coisas que me dão às vezes... Deve ser qualquer coisa nos génes... Mas sublinho que sei que é uma irresponsabilidade e que me sinto mesmo mal quando acontece. É provavelmente o guilty pleasure que mais me aborrece e que quero mesmo eliminar! Depois vem o nº 4! LOL A boa notícia é que estou a conseguir! ;)

2 - Gastar rios de água no duche: A água a escorrer pelo corpo... Passa pelas orelhas e fica assim tudo ainda mais em silêncio... É um hábito terrível, e provavelmente o que me sabe melhor, daí ainda não ter feito absolutamente NADA para mudar!

3 - Demorar a levantar-me da cama: Aliás, eu não me levanto da cama... Eu arrasto-me até cair ou estar fora da cama. E só me levanto quando começo a ficar com frio! LOL Mas isto é só às vezes! :P Geralmente, o que me deixa chateado, é acordar, olhar para o relógio e pensar: "Óptimo, acordei a horas! Ainda tenho tempo para me arranjar, sair de casa nas calmas..." Geralmente fico mais tempo na cama e quando finalmente consigo deslizar para fora dela, arranjo-me à pressa e fico sempre lixado quando olho para o relógio do carro: "FUCK! Olha-me as horas!" :/

4 - Implicar com as pessoas: Implico com toda a gente, é o mau feitio! Sempre a arranjar discussões. Especialmente com a minha irmã. Ela sofre horrores... LOL passo a vida a implicar com ela, a fazer-lhe cócegas, às pancadinhas... Os avisos para parar só fazem pior, e só costumo parar quando ela desata à estalada ou a berrar seriamente....

...

...

Depois espero 5 minutos e volto a fazer o mesmo.... hihihihihih :P

5 - Ser preguiçoso: E sou preguiçoso em relação a muita coisa... Estar sempre a pedir favores é uma coisa: "traz-me ali aquilo, faz-me o lanche, etc etc etc..."; Ficar em casa, no sofá, agarrado ao comando, sabendo que devia estar a fazer exercicio fisico é outra! É horrível!!!!!! Sinto-me mesmo mal com isto...

Estou a falar a sério...

6 - Desarrumado: Ser desarrumado dá-me mesmo prazer. Deixar algo fora do lugar, raramente acontece sem eu ter a perfeita noção de que a estou a deixar desarrumada! E a culpa é ainda pior porque sei que deixo a maior parte das coisas desarrumadas porque tenho quem as arrume! Preciso mesmo de ir viver sozinho... Será um grande passo no meu desenvolvimento socio-pessoal! :P LOL

7 - Apontar defeitos: Estou sempre pronto a apontar defeitos... No trabalho então... Também sei apontar qualidades! Mas vou sempre primeiro aos defeitos: "olha, não fizeram isto...";"falta apertar aquilo";"mas aqueles gajos nunca se lembram de coiso e tal?!";"estes engenheiros... não percebem nada disto!" :P LOL depois sinto-me mal, porque não sou ninguém para fazer este tipo de julgamentos e, afinal de contas, toda a gente erra, principalmente eu...

8 - Ser bruto a falar: De vez em quando as respostas a certas coisas saem assim em forma de... explosão oral! Parece que a única coisa em que "penso" é em abrir a boca... Depois a resposta sai num reboliço, com um volume altíssimo, num tom agressivo e a uma velocidade bem mais rápida do que a de processamento do meu cérebro! E, infelizmente, pouco ou nada há a fazer depois da resposta dada... :(

9 - Gastar dinheiro: quando o faço, sei porque é que o faço! Sei mesmo! E nem costumo sentir-me muito mal, mesmo que gaste uma quantia elevada, devido a isso. Mas no fim do ano, quando chega o recibo dos ordenados para o IRS... Eu olho para o que ganhei, olho para o que tenho no banco... :| enfim!

10 - Chatear outras pessoas com este questionário, nomeadamente a tinha, a fox, a neia, a carla, a billas, o sdm, o fabionic, a seni e a mafalda! Não há pressa, quero-me sentir o menos culpado possível! =D LOL

Cumps! ;)