domingo, 28 de setembro de 2008

Bolo de Ananás


No Sábado vinha de Lisboa, pela Marginal, e embora estivesse bom tempo por lá, em Cascais o tempo estava negro e trovejava bastante no mar, assim na direcção da Costa da Caparica. Um cenário fenomenal de Outono! =D Lembrei-me das tardes que passava na varanda do meu quarto, com amigos, a ver relâmpagos e a conversar... E lembrei-me das palavras da Carla, aliás, da Drª Carla... =P sobre o Outono, altura "de chás, de comidas quentes e reconfortantes"... E não há nada mais reconfortante do que um lanchinho acabado de fazer!

Este Domingo, para a família, fui aproveitar umas coisas que já andavam cá por casa há algum tempo e fiz este bolo para o lanche:

Bolo de Ananás:


Ingredientes:

Para o caramelo:

250g de açúcar
1 dL de água
sumo de 1/4 de limão

1 ananás


Para o bolo:

200g de açúcar
150g de margarina
4 ovos
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
1,5 dL de leite
250g de farinha


Preparação:

Prepara-se o caramelo fervendo o açúcar e a água num tacho. Eu usei açúcar mascavado e açúcar amarelo. Mexe-se de vez em quando, e quando estiver no ponto desejado, espreme-se o limão e deita-se umas 2 ou 3 colheres de sopa de água. Volta-se a colocar tudo ao lume e vai-se mexendo até atingir a consistência desejada.

Logo de seguida, barre a forma com o caramelo, fazendo-o circular por dentro desta e ajudando com uma colher se necessário. Depois coloque o ananás em rodelas a forrar a forma. Eu usei ananás enlatado, só é preciso ter cuidado e escorrer bem as rodelas antes de as colocar na forma.

Agora o bolo. Misture o açúcar com a margarina. Adicione as gemas e o leite e, de seguida, um pouco da farinha com o fermento misturado. Alterne depois a restante farinha com as claras batidas em castelo, ligando tudo com cuidado para o bolo não "talhar". Eu juntei um pouco de canela, para dar aquele gostinho... :P De seguida, deite a massa na forma já forrada e leve a cozer em forno médio. Quando estiver cozido, desenforme logo que sair do forno e bom apetite! =)





Cumps! ;)

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Old days...


Não sabia o que havia de escrever, mas apetecia-me... e como não quero entrar em divagações nem pensamentos dos meus, decidi escrever sobre cocktails!

Fui durante uns anos, e apenas durante o Verão, empregado num bar perto de casa. Embora não seja especialista, deu para ter uma ideia de como as coisas funcionam e experimentar uns cocktails! Vou-vos deixar o meu preferido, Long Island Ice Tea e outro que deve ser muito bom, mas que eu não bebo porque, por alguma razão que me ultrapassa, não tolero Bailey's!


Honey Bear:

1 1/2 medidas de Baileys
1/2 medida de Frangelico
1/2 medida de Licor de Café (Tia Maria)
1/2 medida de Natas
Mel a gosto

Juntar tudo num liquidificador com gelo e misturar bem. Servir em copo de cocktail.



Long Island Ice Tea:

1 medida de Vodka
1 medida de Tequilla
1 medida de Rum
1 medida de Gin
1 medida de Triple Seco (ou Cointreau)
1 medida de Sumo de Limão
1/2 medida de Xarope de Açúcar
Coca-Cola para completar


Encha até meio o shaker com cubos de gelo. Junte todos os ingredientes, menos a cola, e agite brevemente, se possível apenas num breve "shake". Deve ficar um pouco de "espuma" (fizz) no topo do preparado. Coe para um copo meio cheio de gelo partido e complete com coca-cola. Se desejar, junte uma rodela de limão.


Infelizmente os cocktails em casa saem muito caros, por isso não tenho fotos originais... =/ Se puderem, não deixem de experimentar! ;)

Ósculos e amplexos! LOL (para a menina caloira, que diz descobrir palavras novas no meu blog! Espero que alguma destas seja novidade! ;) )

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Façam a diferença!


Há uns tempos fui surpreendido com uma notícia, daquelas que nunca, mas nunca, desejamos ter. Sinto uma enorme simpatia e apreço pela pessoa alvo da notícia, ainda lhe devo a animação em flash do meu blog anterior! lol e tenho tanta pena de não o poder ajudar mais e de não ser mais próximo, nem ter à vontade, para lhe dar ainda mais força do que aquela que ele recebe todos os dias no blog e, certamente, em todos os que o visitam e comunicam com ele. E acreditem, ele merece toda a força e carinho que lhe dão.

Eu poderia já ter colocado este post há algum tempo, mas não queria falar com desconhecimento de causa, e sendo assim tornei-me dador de medula óssea.

«Desde a criação da Associação Portuguesa contra a Leucemia (APCL), em 2002, que o registo de dadores aumentou de 1377 para mais de 64 mil em 2006. Um crescimento exponencial que nos colocou no terceiro lugar do ranking europeu, mas que precisa continuar a crescer a este ritmo.» E acreditem que não é difícil! Doar medula óssea é, à partida, tão simples como uma colheita de sangue para análises! As coisas tornam-se mais sérias se for encontrado um receptor compatível, mas... se há alguém que olha para isso como o iniciar de um processo que, eventualmente, se pode tornar mais doloroso... Eu só posso rotular essa pessoa de imbecil e egoísta. Duvidam? Quando se dá a alguém a possibilidade de salvar uma vida, a vida de uma pessoa que, de certeza, já sofreu com os tratamentos e que tem família e amigos a sofrer com ela... Existirá acto mais egoísta do que recusar essa possibilidade com receio de alguma dor!? Já para não falar de imbecil, porque com a quantidade e a facilidade de acesso à informação que hoje em dia existe, facilmente se percebe que doar medula óssea pode não custar mais que doar sangue!



Existem, claro, pessoas incapacitadas de o fazer, mas mesmo essas devem tentar arranjar voluntários. Por que hoje devemos fazer pelos outros, aquilo que amanhã gostaríamos que fizessem por nós.

Vou deixar alguns links para se informarem e espero, sinceramente, que não sejam indiferentes a esta causa. Nunca se esqueçam que doar medula, é doar VIDA!

Centro de Histocompatibilidade do Sul

Associação Portuguesa contra a Leucemia (APCL)

Wikipédia: Medula óssea

Portal da Saúde: Transplante de Medula Óssea

Diário de Notícias: Portugueses Dadores de Medula Óssea


As melhoras Pedro! =)

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

9/11

O texto deste post está a preto em homenagem às visitas do atentado de 11 de Setembro de 2001 ao World Trade Center.


Embora pareça já passado, e (apenas mais) uma daquelas cerimónias à Americana, as homenagens aos que perderam a vida neste acidente relembram um dia de angústia, com imagens de desespero e a sensação da imensa fragilidade da vida humana. Os sentimentos desse dia são impossíveis de descrever.

Hoje, e trabalhando na Manutenção Aeronáutica, apercebo-me da mudança que tal acto provocou no Mundo. Ainda para mais, hoje comecei um curso de Factores Humanos, que se centra basicamente nos riscos da segurança aeronáutica. Um acto daqueles é quase uma epopeia (tal não deve ter sido o trabalho que deu planear algo com aquela dimensão), foi bem executado e cumpriu, infelizmente, um objectivo terrorista. Envolveu milhares de mortes e causou um sofrimento enorme a tanta, mas tanta gente...

É incrível aquilo de que um ser humano é capaz. Hoje, no curso, ouvi algo que me deixou a pensar:

"Nós não somos a medida da nossa inteligência ou das nossas capacidades, porque essas, todos temos. Nós somos a imagem das nossas limitações."

À Conquista do Mundo!!





«Era um Domingo como outro qualquer. O despertador toca cedo. O nosso herói veste o seu fato: camisola preta, justa e de mangas compridas, os seu super-calções de bolsos com fecho e as meias. De volta à cama, por cima dos lençóis, aguarda a chamada de JP que dará início à aventura na sua incrível e avançada máquina de duas rodas!

Alguns vinte quilómetros depois, e de volta à base, o nosso herói toma o seu banho e aparece pelo Messenger. É nesta altura que aparece Amicci! Um companheiro de longa data de todo o tipo de aventuras: cinematográficas, culinárias, bricolage, jogos de computador, jogos de mesa e, claro, escolares. Estes dois há muito que tentam delinear um plano para conhecer o Mundo, mas, este Domingo, tão normal até agora, está prestes a tornar-se inesquecível!

Amicci, num rasgo de excitação, exclama para o nosso herói: "Ouve lá, e que tal hoje irmos conquistar o Mundo?!"

XANAAAAAMMMMM!!! (música brutal, daquelas ao estilo star wars!!)

A ideia é bem aceite, mas o nosso herói levanta uma questão importante: "Fod****, mas nós sozinhos não somos capazes disso! Temos de chamar... o Capitão Nelito!" É aí que o telemóvel, que de manhã ia matando o nosso herói de susto durante o segundo sono, efectua uma chamada histórica para a Humanidade! Contactado, o Capitão Nelito aceita unir esforços para a conquista do Mundo e em breve se juntará com Amicci e o nosso herói no Messenger, a fim de combinar o cenário da Conquista do Mundo!»


Não perca o próximo episódio, onde Amicci sofre uma transmutação e transforma-se no super-puderoso e super-famoso artista do YouTube: BENNY LAVA!!!!



Gostaram da história? Espectacular não está?! Sabem, fui eu que escrevi o Dragonball... =D NOT!! LOL Não tenho muito jeito para isto, mas assim sempre é mais interessante do que dizer apenas:


«Este Domingo de manhã fui andar de bicicleta e depois combinei ir jogar ao Risco com uns amigos.»


Mas a história não é só esta, porque a ideia era realmente jogar Risco... com uma grande jantarada à mistura!! Surpresa das surpresas, só nos ficámos pela jantarada: Bruschettas à entrada, Risotto de Marisco no prato principal e Aebleskivers a rematar na sobremesa. Não vale a pena estar com grandes coisas nas receitas, porque foi assim tudo feito a olhómetro e com aquilo que encontrámos no Pingo Doce. E só não espetámos com o Luís Filipe (ex-Benfica, actual V. Guimarães) no chão ao pontapé porque enfim... O que lá vai, lá vai!


Então é assim: Bruschettas é uma coisa simples! Torrámos o pão e esfregámos dentes de alho descascados no pão. Enquanto o pão torrava preparámos uma salada com tomate, queijo mozzarella de bufala, azeitonas pretas, dipper siciliano, azeite e sal. Deita-se um fiozinho de azeite no pão e cobre-se este com a salada. Colocámos umas fatias de presunto de pato (!) por cima e foi ao forno por uns segundos. Provámos, gostámos e passámos ao risotto!

À falta de tempo (não na cozinha, mas na peixaria à espera que chegasse a nossa vez), agarrámos nuns caldos Knorr de marisco e deitámos em água a ferver. Mantivemos a água em lume fraco. Num tacho fizémos um refogado e acrescentámos miolo de camarão ultra-congelado. Quando estava no ponto, arroz para risotto até ficar translúcido. Vinho branco de seguida, com um toque de caril e coentros. Depois foi o costume, ir adicionando o caldo e rezar para que ficasse bom! LOL =D E resultou tão bem!!

Para fechar, uns fantásticos Aebleskivers à mesa, acompanhados com gelado de chocolate e um doce de morango fenomenal!


E posto isto, arrumaram-se as coisas e fomos para casa, que os 'heróis' Segunda-feira de manhã trabalham! (menos um sortudo, que só começou na Quarta!) ;)

Cumps!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Café

Há um bom tempo atrás transcrevi, de um folheto da Nicola, um texto que dá umas dicas sobre como avaliar um café.


Antes de mais, e só porque ando mesmo cansado e hoje não me posso deitar às quinhentas como vem sendo habitual, peço que passem os olhos pela Wikipédia, apenas para terem uma noção de quais são os tipos de café e tal...

Então o texto é assim: (peço aos senhores da Nicola que não se chateiem!)

Aroma: percepção olfactiva resultante da libertação de compostos voláteis após o contacto do café com a boca.

Creme: quantidade de creme à superfície do café. Deverá ser consistente, uniforme e de cor avelã.

Cor: intensidade da cor do creme.

Corpo: é a sensação de café forte ou fraco. É característica dominante dos Robustos.

Doçura: sabor perceptível na extremidade da língua.

Amargura: sabor perceptível no fundo da língua.

Acidez:
sabor perceptível nas zonas laterais da língua. Quanto maior a altitude de cultivo, maior a acidez do café. Os Arábicos são, por isso, mais ácidos que os Robustos.

Equilíbrio: percepção conjunta dos aromas e do seu grau de intensidade face ao conjunto amargura/acidez.

Adstringência: sensação de secura deixada na boca após a ingestão, correntemente definida como "língua-cortiça".

Persistência: sensação que fica após a ingestão da bebida. É desejável um sabor que lembre o chocolate.

Paladar: é a combinação do sabor e do aroma. Os Robustos têm um gosto forte e aroma ligeiro, ao contrário dos Arábicos que possuem um sabor delicado e um perfume intenso.


terça-feira, 2 de setembro de 2008

XANAAMMM!!

E cá está, após um mês de Agosto super preguiçoso, uma chuveirada de Quiz!! O que é que se pode pedir mais, ahn!? LOL

Tenho de pedir imensas desculpas às minhas visitas, ainda por cima ando à uma data de tempo para visitar pessoalmente as que tiveram a coragem de deixar a sua opinião de desagrado! Prometo que tratarei disso em breve!

Agosto começou com o meu aniversário, como de costume, e daí para a frente tornou-se algo esquisito... Sem noites memoráveis, sem dias super quentes... E ainda por cima trouxe-me uma amigdalite daquelas que dão febres que não lembram a ninguém... =/

Já com o mês passado, decidi voltar a escrever qualquer coisa, já que receitas também não tenho... Fiz um strogonoff diferente um dia destes, mas saí à pressa para ir para o cinema e não o provei (ainda por cima foi com a massa que trouxe de Itália!!).

Ando com vontade de voltar a experimentar cocktails, mas não há meio de o calor puxar por isso... é da maneira que poupo nas garrafas! Embora já sinta falta de um bom Long Island Iced Tea...

Bem, já estou para aqui a divagar! Não vos quero a aturar os meus "pensamentos em voz alta"

Estou contente por voltar, cheio de vontade de encher o blog de receitas! Entretanto, divirtam-se com os Quiz! =D

Cumps! ;)


AHAHAHAH!!! True, true... =P




You Are Heineken



You appreciate a good beer, but you're not a snob about it.

You like your beer mild and easy to drink, so you can concentrate on being drunk.

Overall, you're a friendly drunk who's likely to buy a whole round for your friends... many times.

Sometimes you can be a bit boring when you drink. You may be prone to go on about topics no one cares about.

Que bebida sou eu!?!?! =D




You Are a Martini



There's no other way to say it: you're a total lush.

You hold your liquor well, and you hold a lot of it!

Que fogo-de-artificio sou eu?




What Your These Fireworks Say About You



You are deeply passionate about a few things in your life.

Everything else, you couldn't care less about.



Your passions tend to hold steady over time. If anything, they intensify.

Once you hold on to something (or someone), you don't let go!

A minha personalidade (como se fosse assim tão simples.......)




Your Personality is Somewhat Rare (ESFP)



Your personality type is playful, charming, open minded, and energetic.



Only about 7% of all people have your personality, including 9% of all women and 5% of all men

You are Extroverted, Sensing, Feeling, and Perceiving.